quarta-feira, 30 de setembro de 2009

C O M P E T Ê N C I A

Segundo o dicionário Aurélio: 2."capacidade, aptidão".
Será que é fácil medir a competência dos colaboradores dentro de uma organização? Com certeza não, mas mais que medir... é necessário melhorar as competências. E melhorar as competências é possível?
A resposta é positiva, pois é possível aprimorar as competências dos colaboradores para, consequentemente, melhorar os resultados procurados pelas empresas.
Ontem postei aqui sobre “Seleção de Pessoal” e falamos um pouco sobre competências, mas afinal, como uma empresa irá selecionar por competências e, além disso, buscar melhorar as competências já existentes na organização?
Antes de falar de competência é preciso fazer uma análise da estrutura da organização, principalmente em relação ao desenho dos cargos e às atribuições destes, pois como falar em competências dentro de uma empresa que sequer tem documentadas quais as funções de cada colaborador?
Após este criterioso exercício (que inicialmente pode parecer apenas burocrático e dispendioso, mas que irá mostrar toda a sua importância ao passo do avanço dos acontecimentos) pode-se procurar fazer um link entre todas as funções e quais aptidões são necessárias para realizá-las. Tendo conhecimento de quais são as aptidões necessárias, pode-se verificar quais estão deficientes e procurar treinamentos para desenvolvê-los.
Os colaboradores devem ter o CONHECIMENTO (que podemos pontuar como a extenção da teoria), a HABILIDADE (que é o saber fazer) e a ATITUDE (classificada como o comportamento ideal para as determinadas situações)... Esse é o famoso "CHA" que visa pontuar como é atingir a competência!
Aqui está um “mapinha” simples para se conseguir visualizar melhor como ter competência em sua organização!
Fácil? NÃO! Possível? SEMPRE... em qualquer organização!

terça-feira, 29 de setembro de 2009

Seleção de Pessoal...

Hoje resolvi escrever mais que uma simples postagem, mas sim um desabafo, de muito que já vi e, antes de estudar tudo o que já estudei, sabia que não estava correto!!!
Acredito que quem está lendo esta postagem neste momento já participou, minimamente, de uma entrevista de emprego. Faça uma análise... o que achou da(s) entrevista(s) a(s) qual(is) participou...

Já fui convidada para entrevistas destinadas a cargos que não tinham nada a ver com minha formação profissional e meus objetivos, já recebi inúmeros telefonemas me convidando para entrevistas cuja única informação que poderiam me passar era o nome da vaga e nada mais, entrevistas para vagas que eram somente destinadas a pessoas do sexo masculino, para vagas destinadas a pessoas que tivessem veículo (e eu não tenho!)... Quantos erros que, sinceramente, são imperdoáveis!

Sabe por qual motivo acredito que são imperdoáveis... CUSTOS... Tempo é dinheiro!!! Tanto para a empresa quanto para o candidato! E quanto tempo ($$$$) não se perde com erros grosseiros que facilmente poderiam ser evitados???

Informação... Comunicação... Se esses dois itens são sempre pedidos dentro da empresa a seus colaboradores, por que não utilizá-los também para contratar novos empregados???

É claro que não somente são necessários estes dois itens, mas um conjunto de fatores pode levar a muitos resultados positivos... para isso é importantíssimo que os profissionais que irão fazer, desde a captação de recursos até o treinamento do novo colaborador, estarem capacitados!!!

Sou formada em Marketing e sei que para um sucesso nesta área é extremamente necessário conhecer o consumidor! Como? Através de inúmeras estratégias que são realizadas dependendo do objetivo que se deseja atingir, dependendo do que é desejável conhecer, de quais informações necessita para se formular um novo produto ou uma campanha de marketing. Então por qual motivo não ter estas estratégias para se falar em contratação. Quem é o cliente interno da empresa... não são os colaboradores??? Então o que leva uma empresa a não saber como contratar, como captar currículos, como elaborar um processo seletivo???

Infelizmente, realizando meus estudos, percebo que em nosso país ainda faltam investimentos na área de Gestão de Pessoas e de Marketing... É necessário que organizações possam abrir seus olhos para este mundo que tem mudanças constantes! É necessário cuidar mais do seu público interno, sem deixar o público externo de lado!

Atualmente tem-se falado sobre Contratação por Competências... Infelizmente um "modismo" está à solta!!! Organizações que sequer têm os desenhos dos cargos dizem que contratam por competência e colocam na descrição da vaga que o candidato deve ter foco em competências! Mas afinal o que é C-O-M-P-E-T-Ê-N-C-I-A????

Hum... essa vou deixar para um novo post, pois já desabafei um pouco do que gostaria e desejo que você procure conhecer mais sobre este tema e avalie como isto está sendo implantado em sua organização!

Prometo que ainda esta semana irei fazer uma nova postagem com o tema Competência!!!

terça-feira, 22 de setembro de 2009

QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO (QVT)

Nos últimos anos, muito tem se falado sobre Qualidade de Vida no Trabalho, porém me pergunto: Será que as empresas realmente estão mostrando preocupação quanto este tema e, mais que isto, elas estão fazendo algo para melhorar a QVT dos seus colaboradores???
Será que a QVT pode ser encarada como uma necessidade, um modismo ou uma exigência do mundo globalizado? Quero muito crer que, um dia, todas as empresas conseguirão visualizar a NECESSIDADE de manter uma preocupação com esta temática.
Se analisarmos a QVT do ponto de vista histórico, de acordo com exigências civis e criminais, empresas realizavam ações paleativas, aleatórias e, principalmente, reativas quando necessitavam demonstrar preocupação quanto o problema.
Atualmente é necessário que o empregador tenha a preocupação quanto a questões como "redução da fadiga", "ergonomia", "redução do stress", "motivação", entre outros pontos que envolvem uma qualidade, tanto na vida do colaborador, quanto no trabalho por este prestado.
Há empresas que ainda não possuem um Programa de QVT por este ser "dispendioso", sendo seu resultado perceptível a médio e longo prazos. Porém... pensamos juntos: Se uma empresa não pensar em ações com este tipo de resultado, tão logo esta não irá perdurar por muito tempo (correto?!).
Segundo Walton, o melhor conceito para QVT é "a compensação justa e adequada, condições de trabalho seguras e saudáveis, oportunidades imediatas para desenvolver e ousar as capacidades humanas, oportunidades futuras para o crescimento contínuo e a garantia de emprego, integração social na organização, trabalho e espaço total na vida do indivíduo e relevância social no trabalho". Concordo plenamente com este conceito e podemos, analisando cada um destes pontos, observar diferentes motivos pelos quais uma pessoa trabalha; sendo perceptível que não é somente por motivos financeiros! Quem não deseja ser reconhecido por suas ações? Quem não deseja estar em um local agradável durante o tempo que está trabalhando? Quem não deseja ser estimulado para crescer constantemente???
São razões como estas que devem levar a um gestor de pessoas refletir sobre como está a Qualidade de Vida dos colaboradores de sua empresa.
Fatores ainda mais agravantes, como altos índices de afastamento do trabalho por stress e acidentes de trabalho, também podem se unir aos pontos colocados acima para uma implantação URGENTE de um programa de QVT!!!
Iremos também aqui dialogar mais sobre este assunto, de uma forma simples, porém que nos faça refletir quanto a importância de uma melhoria contínua deste ponto dentro da organização!


terça-feira, 15 de setembro de 2009

ENDOMARKETING

Entender sobre este assunto e aplicá-lo leva muitas empresas a um grande sucesso... Para quem nunca ouviu falar sobre este tema, vamos discutir um pouco sobre...
Como já havíamos abordado aqui, colaboradores satisfeitos auxiliam na melhora dos resultados.
Um dos meios para se buscar a satisfação dos colaboradores é através do Endomarketing.
Primeiro, precisamos entender o que caracteriza este termo para, após, compreendermos sua utilização.
Endo” (grego) significa “movimento para dentro” e “Marketing” pode ser considerado como um “conjunto de estratégias que cuidam desde o planejamento de um futuro produto até a pós-venda”. Então o Endomarketing trata do cuidado com o cliente interno, ou seja, o colaborador da organização.
Ações podem ser realizadas visando que o colaborador sinta-se tão importante e especial quanto realmente é, pois uma empresa sem funcionários não existiria!!!
Antes de iniciar as ações, a empresa deve analisar como está a difusão de sua Missão, Visão e Valores dentro da organização e, além disso, deve sempre discutir a respeito destes fatores para que os mesmos continuem de acordo com a imagem que a organização tem e deseja passar a seus clientes, fornecedores e colaboradores. Após esta análise, a organização deve visualizar quais pontos mais importantes ainda faltam ser difundidos entre os colaboradores e, utilizando a ferramenta de Endomarketing, que também cuida da comunicação e integração da equipe, deve difundir tais pontos.
Aqui não vamos colocar, passo a passo, o que uma organização deve fazer para implantar o Endomarketing, mas podemos garantir que a preocupação com a integração da equipe, comunicação clara em todos os aspectos, auto-estima dos colaboradores e difusão de valores da organização, são pontos principais para se ter sucesso neste projeto.
Para uma boa implantação deste processo, a junção entre as áreas de Marketing e Recursos Humanos pode ser bastante proveitosa, pois a criatividade e conceitos do Marketing, com a preocupação da gestão de pessoas dos Recursos Humanos, levará o projeto a um equilíbrio buscando sempre resultados positivos à organização.
Não são “fórmulas prontas” existentes para obter sucesso no Endomarketing, mas sim a junção de colaboradores comprometidos e felizes com seu trabalho, uma diretoria da organização que visualiza a importância destes fatores e o comprometimento de toda uma organização em dar subsídios para que as ações possam acontecer!!!


segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Motivação...

"Funcionários motivados produzem mais!!!"

Quem nunca ouviu esta frase???

Quase todas as empresas estão em busca da motivação de seus colaboradores... e para aquelas que não estão, segue um conselho: Satisfação no trabalho é o que as pessoas buscam e, consequentemente, enquanto motivadas e realizadas, podem ser mais produtivas...

Existem inúmeras Teorias Motivacionais, as quais iremos dialogar neste Blog. Por enquanto, posto aqui um vídeo muito utilizado nas empresas. Apesar de ligado à comédia, passa muito em relação à motivação e à persistência!!!

Com vocês... Sr. Joseph Climber!!!


video